Como cuidar do seu pet durante o isolamento social?

5 dicas para cuidar do pet em casa durante o isolamento social

As consequências sociais impostas pelo combate ao COVID-19, mudaram a rotina não só de milhares de pessoas, mas também dos milhares de animais de estimação por todo pais. Com mais tempo em casa e sem a possibilidade de sair, grande parte dos pets estão sem realizar passeios e atividades ao ar livre.

Já separamos dicas de como montar a sua própria academia em casa sem incomodar seus vizinhos, agora chegou a vez de cuidar dos seus companheiros! Pensando em formas de simplificar os cuidados com os seus animaizinhos, separamos 5 dicas de como cuidar do seu pet durante o isolamento social.

1. Respeite as características do seu animalzinho

Pense e planeje atividades pensando na personalidade do seu pet. Respeite os horários e comportamentos comuns do seu cão ou gato. Se ele está mais agitado na parte da noite, construa atividades pensando nesta parte do dia.

Embora não entenda perfeitamente o que esteja acontecendo, os animais também sentiram a mudança nas rotinas e com os cuidados de higienização necessários para a prevenção do coronavírus. Por isso, tenha cuidado e preste atenção nas atitudes do seu pet.

Observe o comportamento do seu animal, se ele está mais ativo ou mais quieto, comendo mais ou deixando a ração de lado. É importante que as demonstrações incomuns sejam levadas em consideração para a construção de atividades com o seu animal, além de serem possíveis sintomas de doenças. Caso as atitudes estranhas continuem, procure a ajuda de um profissional veterinário.

2. Crie uma rotina 

Além de entender as características do seu animal, planeje o seu dia inserindo as necessidades dele. Estabeleça o horário da alimentação, de brincadeiras e da rotina do banho, para que assim, seu animal fique menos ansioso e se acostume com os intervalos entre as atividades.

Se o animal estava acostumado a ficar sozinho durante muito tempo em casa ou passear todos os dias, a nova rotina exige que ele conviva muito mais dentro de casa, com os seus donos. Por isso é necessário que vocês determinem as atividades e siga um cronograma para deixar seu companheiro mais tranquilo e satisfeito.

3. Faça circuitos em casa

Transforme sua casa em um novo espaço para que o seu animal possa se divertir e gastar energia. Utilizando materiais que você já tem em casa, monte obstáculos e novas brincadeiras para realizar durante a quarentena. Explore os sentidos dos animais e o que ele já gosta de fazer.

O canal Perito Animal tem vários vídeos com ideias de atividades fáceis para realizar dentro de casa.

4. Estabeleça limites

Mesmo durante a quarentena continue com as regras que você já estabeleceu, anteriormente, e as reforce. É importante que o seu pet tenha os mesmos limites durante toda a vida para que ele não fique confuso e com comportamentos inadequados.

Por isso, se você já determinou o local para que o bichinho faça xixi e cocô ou que ele não deve subir na cama, continue com as mesmas regras e se necessário crie outras, de acordo com o que for preciso ao longo do seu dia a dia.

5. Higienização constante 

É importante que o local onde os animais costumam ficar estejam limpos e secos para que eles queiram ficar no espaço e não cause danos a sua saúde. Por isso, limpe com regularidade o espaço que ele utiliza. Lembre-se que quanto mais tempo naquele local, mais a necessidade de limpeza e também de higienizar os brinquedos que seu
animalzinho utiliza.

Além disso, se você não conseguir mandar o seu pet com regularidade para a realização de banho e tosa, inclua isso na sua rotina com o pet. Faça disso, um momento tranquilo e rotineiro. Lembre-se também da escovação dos dentes, dos pelos e limpeza das orelhas. Consulte o veterinário para ver a necessidade de cada raça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.